Dormi fora de casa

Posted by Luíza Saggiorato Cordeiro | Posted in

Sexta-feira papai e mamãe tinham uma comemoração para ir, coisas do trabalho da mamãe, e então fui dormir na casa da minha vovó Neusa. Me comportei tão bem! Não chorei, não fiz dengo, uma mocinha :-)
Papai e mamãe acharam estranho, mas aproveitaram para tirar uma boa soneca no sábado pela manhã. Afinal, eu gosto de acordar cedinho e eles tem me acompanhado nesta rotina desde que nasci.
No sábado recebi a visita do meu amiguinho Davi, filho de uma grande amiga da mamãe. Apesar de nossa pouca idade nos entendemos bem, nem brigamos, e curtimos um lanche gostosinho juntos.
O domingo foi tão frio... o inverno resolveu se despedir em grande estilo. Os dindos vieram me ver e rolou um churrasquinho do papai. Estava com saudades dos dindos e mostrei todas as minhas novas gracinhas para eles.
Seguem algumas fotinhos da última semana.


Mamãe recebeu um desafio da amiga Fabiana, mãe da Mel, para falar um pouco mais dela, citando cinco características. Para quem quiser conferir está lá no blog dela.

Comments (6)

Oi querida, tudo bem? tudo frio, né? aqui o sol resolveu aparecer depois de uma semana de muita chuva. E essas fotos da Luíza, tão lindas... a luíza que tá virando mocinha e já dorme na casa dos avós sem fazer dengo... quero ver esse dia chegar pro Igor ihihihihi! beijão!

Minha linda!
Está cada vez mais difícil ficar longe de ti minha queridinha.
Muita saudade, minha mocinha!
Beijo

Mas olha só que mocinha! Dormindo fora de casa!
A Lu tá muito linda, Sílvia.
Ah! Ano passado quando a Ciranda esteve aqui saí também com a mesmíssima impressão.
Beijão pra vocês!

Dormindo fora de casa? E se comportando bem?! Que sossego né!!!! Tom também dormiu uma única noite fora de casa e se comportou como um rapazinho.
E o friozinho ainda tá forte Lulu? Você fica linda com seus moletons!
Beijos

Oi, queridas. Dormir fora de casa é uma grande conquista!!! Pros pais, inclusive!!!! A Lulu está linda de rosa! Beijos, Ju

Laura nunca dormiu fora de casa, já dormiu longe de mim, ou do pai, mas nunca sem um de nós... mas acho que ela tiraria de letra, assim como a Luíza. :)

bjs!!