Jogando mico

1

Posted by Luíza Saggiorato Cordeiro | Posted in

Ganhei de uma coleguinha o jogo do Mico e ontem, após o jantar, eu, mamãe e papai jogamos duas partidas do jogo do mico.
Primeiro eles me ensinaram como o joguinho funciona, depois começamos a jogar para valer.
Foi muito, muito legal, e bastante divertido :D
Eu me atrapalho toda para segurar as cartas e ver se a carta que peguei faz par com as que tenho na mão, mas não fiz feio. Querem saber o resultado da noite: Luíza 1 x Papai 1 x Mamãe 0
A mamãe pagou o maior mico, terminou as duas partidas com o Mico na mão ahahaha

PS1: Ontem mamãe levou eu e o mano no pediatra... Explico: eu vinha com uma tosse que não se resolvia, mas como o médico é longe "prá dedéu", mamãe ia tentando coisas leves, mas nada fez ela ir embora de vez. Aí ontem maninho teve muita tosse a noite e acordou febril, mamãe ressabiada que só depois da bronquiolite, deixou-o em casa e marcou médico para final da tarde. Aí como ia levar ele, me pegou na escola mais cedo e fomos todos ver porque de tanta tosse.
Saímos com receitas e hoje todo mundo já aparentava melhoras ;)

PS2: Apareci com as unhas pintadas de vermelho, todas não, só seis, porque quando a Prô viu, confiscou o esmalte da Raíssa... ahahah
Mamãe tratou de tirar ontem mesmo (sniff, sniff), tinha achado tão lesgal :D

Meu aniversário de 4 aninhos

1

Posted by Luíza Saggiorato Cordeiro | Posted in

Esse ano, em especial, esperei ansiosamente o meu aniversário. Foram tantas festas no início do ano que queria logo que o meu aníver chegasse logo, mas lá em janeiro mamãe explicou que até chegar meu aniversário ia vir:
- o mês de fevereiro e nele teria o Carnaval
- o mês de março, quando a gente iria tirar férias
- o mês de abril e aí teria a Páscoa
- e então viria maio, o mês do meu aniversário!!!
A espera foi longa e em abril mamãe colocou um calendário na porta do meu guarda-roupa e todo dia eu acordava e riscava um dia.
Inicialmente eu queria uma festa grande, mas aí papai e mamãe me convenceram que seria mais legal fazer uma festa grande nos meus 5 aninhos, quando iria encher a mão.
Topei então fazer festa na escola esse ano, com a promessa de festão de 5 anos.
Fizemos também um almoço comemorativo no domingo e foi tudo muito muito legal!!!
Estou muito feliz com minha comemoração e por ter agora 4 anos.



As férias, a Páscoa e nós

1

Posted by Luíza Saggiorato Cordeiro | Posted in , ,

Então... as férias já acabaram faz mais de mês :D e se não for agora, não vamos mais registrar como foram as nossas segundas férias com o mano. Sim, segunda, veja só que rapazinho ;)
As férias foram divididas em 3 partes: Praia, Casa e Passo Fundo

Na praia
Assim como o ano passado, fomos para Garopaba, curtir aquele lugar lindo. Mas esse ano o mano pode conhecer a areia, o mar, aproveitar. Ano passado era tão bebezuco que não foi nenhum dia para a beira do mar, sentir a brisa ao menos.
Vovó Ione e vovô Jair foram nossos companheiros nessa jornada, sim porque uma criança, que sou eu, e um bebê, que é meu mano, não é moleza não. heheh
No primeiro dia o mano não curtiu muito a praia, tinha nojo da areia, medo do mar, só queria saber do colinho da mamãe, mas depois de alguns dias... o guri se soltou. Não sabemos ao certo quanto de areia ele comeu, mas foi uma quantia significativa. No mar, todo mundo tinha que ficar de olho, porque ele apontava para o mar e ia, mar adentro. Tão fofo... aproveitou um montão.
Eu, esse ano, já era veterana na praia. Ganhei até uma prancha e peguei umas ondas.
Nós dois ficamos no maior bronze, segundo mamãe, umas delícias... E ela, branquela que é, vibra que herdamos a pele do papai e/ou do vovô Justino ;)
Em um desses dias, ganhei um passeio exclusivo com papai e mamãe em uma parque aquático em Floripa... muito tri, muitas piscinas, tobogãs, mamãe e papai pareciam crianças. Mamãe radicalizou, foi em um toboão mega-power-ultra alto e papai também se arriscou em alguns, mas acabou dando um mau jeito que o incomodou por semanas ahahah É a idade chegando...
Rolou também um pic-nic na beira de uma lagoa, na qual mamãe demorou muito para entrar e ficou pouquinho dentro d´água, ela tem umas nóias de entrar em lagoa, rio e afins. Diz ela que devem ser traumas de vidas passadas. Vai saber?!?
Ah! Não podia deixar de registrar que o mano castigou a vovó Ione, acordou quase todos os dias entre 05:00 e 06:00 da matina...
Mais um ah! Estavam lá também as tias-vó Darcila, Marilu e, mais para o final da temporada, Noemi. Todas irmãs do vovô Jair e muito queridas e divertidas.

Em casa
Depois de quase duas semanas na praia, ficamos alguns dias em casa. Mamãe aproveitou para marcar consultas, fazer arrumações e tals... coisa de gente grande, que não entende que férias deve ser 100% diversão.

Em Passo Fundo
Depois da parada em casa, rumamos para a casa da vovó Janira e vovô Justino, em Passo Fundo, para finalizar as férias e celebrar a Páscoa. Foi uma semana inteirinha curtindo a casa da vovó, acordando ela cedinho hehe, brincando na graminha, vendo o filme de tia Júlia, uma delícia. Só não deu para ir onde o vovô Justino trabalha, onde tem muitos animais, por causa da febre amarela... papai e mamãe ficaram com medo, pois não tomamos a vacina ainda.

Aproveitamos a estada para matar a saudade da tia Carol, brincar com o primo Davi, a prima vida, o primo Ricardo, o primo Mateus, visitar as bisas Adelina, Zefa e a tia-vó-bisa Tile.

Mamãe também levou eu e o mano para cortar os cabelos no cabeleireiro dela dos tempos passados... Eu cortei uns 2cm do meu cabelo, o que reduziu meus cachos significativamente :( Mas é que depois da praia, o cabelão estava difícil de domar... Acho que realmente meus cachos irão embora em breve.
No dia em que cortei, pedi para fazer uma chapinha, que mamãe deixou fazer um tantinho contrariada, mas minha maior preocupação era se eles voltariam depois ahaha

Ao longo da semana, também tivemos vários encontros lá na casa da vovó Ione, com a tia Noemi fazendo guloseimas.

Na sexta-feira Santa teve o tradicional peixe assado do vovô Justino e no domingão de Páscoa churrascão lá na casa da bisa Adelina.

É tão bom estar perto da família!!! São dessas lembranças de pequenos e doces momentos que construímos a nossa memória da infância que levamos para toda a nossa vida.